Home Notícias

Notícias

Semana Nacional de Mobilização para controle do Aedes aegypti é realizada em Santa Catarina

Diferentes atividades aconteceram em Santa Catarina entre os dias 26 e 30 de novembro em alusão à Semana Nacional de Mobilização para controle do Aedes aegypti. Foram realizadas ações educativas, palestras em escolas, mutirões de limpeza e distribuição de materiais informativos em várias regiões do estado.

Conforme os dados de um formulário disponibilizado pelo Ministério da Saúde (MS), a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) conseguiu apurar até hoje (05), a participação de 173 municípios nas atividades da semana. Foram aproximadamente 739 escolas, com o envolvimento de quase 103 mil alunos em diversas atividades.

Além disso, houve o envolvimento de 58 Centros de Referência de Assistência Social e de 27 Centros de Referência Especializado de Assistência Social que também desenvolveram ações de conscientização para eliminação dos criadouros do mosquito. A Semana de Mobilização também contou com a participação de mais mil profissionais de 810 estabelecimentos de saúde.

“A mobilização foi intensa e contou com a participação de diversos órgãos públicos. É importante ressaltar que as ações de controle ao mosquito continuam sendo a melhor estratégia para evitar a transmissão de dengue, zika e febre de chikungunya”, enfatiza João Fuck, coordenador da Sala Estadual de Situação para controle do Aedes aegypti.

Outros setores municipais também participaram, como meio ambiente e obras, com ações diferenciadas, como blitz e passeatas educativas, rodas de conversa, exposições e produção de murais informativos. O coordenador ressalta que as atividades para eliminação dos focos do mosquito devem continuar. “É um trabalho que se estende ao longo de todo o ano. Especialmente nesta época que estamos agora, em que o calor e a umidade propiciam a proliferação do mosquito”, finaliza João.

Por isso, Suzana Zeccer, gerente de zoonoses da Dive/SC, faz um alerta para toda a população: é preciso redobrar a atenção na vistoria semanal às suas casas e quintais. “Ao eliminar depósitos e recipientes que possam acumular água, como calhas e vasos de plantas, ajudamos a evitar a proliferação do mosquito”, alerta.

Confira, nas fotos, algumas das ações educativas realizadas em Santa Catarina.

Abelardo Luz
Águas Frias
Armazém
Arroio Trinta
Ascurra
Atalanta
Balneário Camboriú
Balneário Gaivota
Balneário Piçarras
Bandeirante
Barra Velha
Belmonte
Benedito Novo
Blumenau
Bom Jardim da Serra
Braço do Norte
Brusque
Caçador
Calmon
Camboriú
Capão Alto
Caxambu do Sul
Cocal do sul
Coronel Freitas
Curitibanos
Dionísio Cerqueira
Dona Emma
Entre Rios
Formosa do Sul
Fraiburgo
Frei Rogério
Gaspar
Grão Pará
Gravatal
Guabiruba
Guaraciaba
Ilhota
Imaruí
Imbituba
Indaial
Iporã do Oeste
Ipumirim
Iraceminha
Irati
Ita
Itapema
Itapiranga
Itapoá
Jacinto Machado
Jaguaruna
Jardinópolis
Lageado Grande
Lages
Laguna
Laurentino
Lontras
Macieira
Maracajá
Marema
Mirim Doce
Modelo
Mondaí
Otacílio Costa
Paial
Princesa
Palmeira
Pedras Grandes
Piratuba
Planalto Alegre
São José do Cedro
Quilombo
Rio do Sul
Riqueza
Romelândia
Salto Veloso
Sangão
Santa Rosa de Lima
Santa Terezinha
Santa Cecília
Santiago do Sul
São Carlos
São João do Itaperiú
São José do Cerrito
São Ludgero
São Miguel do Oeste
Seara
Serra Alta
Taió
Tijucas
Treze de Maio
Trombudo Central
Tubarão
Tunápolis
Turvo
União do Oeste
Urubici
Videira
Xaxim

Amanda Mariano
Bruna Matos
Patrícia Pozzo
(48) 3664-7406
(48) 3664-7402
(48) 3664-7385